top of page
  • Foto do escritorDom Bosco Caragua

Beleza, Bem-estar e Saúde: Área Profissional da Estética

O setor de beleza e estética no nosso país nunca entra em crise, já que os brasileiros em geral são extremamente vaidosos e possuem o costume de cuidar da aparência.

Com a popularização dos procedimentos estéticos não invasivos, a procura por tratamentos voltados para a beleza, o bem-estar e à saúde estão em pleno crescimento.

Mas apesar de ser uma área que abrange muitos profissionais, é preciso se especializar para realizar alguns procedimentos estéticos com segurança e qualidade.

Se a sua intenção é entrar para a promissora área da estética, este artigo é para você, leia até o final e saiba tudo o que precisa para entrar para este mundo da estética.

Aproveite a leitura!

O mercado de estética no Brasil

Segundo dados da Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos, a ABIHPEC, no ano de 2021, o segmento de cuidados pessoais teve um aumento de 5,8%, mesmo com toda a crise financeira pela qual o mundo e o Brasil atravessa.

Esse mesmo estudo mostrou que nos últimos anos o ramo da estética teve uma expansão de 567%, empregando mais de 480 mil profissionais, espalhados por todo o país, movimentando mais de R$ 47,5 bilhões.

Isso demonstra que manter cuidados com beleza e estética são prioridades do brasileiro e investir em um curso de Técnico em Estética é, sem dúvidas, um excelente investimento.

Não é à toa que o setor de estética é considerado o quarto maior no ranking mundial, perdendo apenas para Estados Unidos, China e Japão.

Dentro da área da estética facial, temos no nosso mercado uma gama de serviços voltados para os cuidados com a pele e a redução de marcas do tempo, os queridinhos do momento entre os brasileiros.

Na estética corporal ou capilar, funciona da mesma forma, protocolos de tratamentos para redução de celulite, de medidas, prevenção de quedas de cabelos e muitos outros procedimentos.

Apesar de ser um ramo promissor e cheio de oportunidades, a prática de procedimentos estéticos requer alguns cuidados e o primeiro e mais importante deles é: o profissional precisa se habilitar para exercer a profissão.

Para isso, temos a Lei 13.643/2018, que regulamenta o exercício das profissões de Esteticista (Esteticista e Cosmetólogo, e de Técnico em Estética), que inclusive, diz quais procedimentos pode executar o técnico em estética, veja o que traz a legislação:

“Art. 5º Compete ao Técnico em Estética:

I - executar procedimentos estéticos faciais, corporais e capilares, utilizando como recursos de trabalho produtos cosméticos, técnicas e equipamentos com registro na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).”


Nesse entendimento, o profissional pode realizar procedimentos estéticos, desde que possua a formação em Técnico em Estética. A exigência serve como garantia de que os procedimentos serão realizados dentro das especificações, envolvendo as seguintes atividades: corte, penteado, alisamento, coloração, descoloração, alongamento, hidratação e nutrição de cabelos, barba, embelezamento de mãos e pés, depilação, embelezamento dos olhos, maquiagem, estética corporal, capilar e facial.


Oportunidades de atuação: sobram vagas em estéticas

De posse do diploma de especialização em técnico em estética, é possível encontrar trabalho em diversos lugares, pois vagas de emprego não faltam. Veja alguns lugares onde é possível trabalhar com estética:

  • Hospitais: pode atuar no pré e pós-cirurgia, atuando no tratamento para prevenir e minimizar possíveis complicações, um exemplo disso é a drenagem linfática.

  • Clínicas: atuação variada, tanto como auxiliar de procedimento como aplicando aqueles que lhes são permitidos por lei praticar.

  • Salões: pode trabalhar com coloração, corte, tratamentos estéticos e até limpezas de pele, depilação a laser, tradicional, há uma infinidade de possibilidades.

  • Spas: pode atuar como massagista, podólogo, terapeuta capilar, especialista em drenagem linfática, dentre muitos outros.

  • Indústria: as indústrias de produtos cosméticos possuem vagas de diversas áreas para os profissionais esteticistas.

  • Autônomo: empreendendo e montando o seu próprio negócio, na área que escolher atuar.


Curiosidades sobre o Curso Técnico em Estética

Veja algumas curiosidades sobre o curso de esteticista:

  • Quem pode se inscrever?

Qualquer pessoa que tenha concluído o ensino médio.


  • O que eu vou aprender no curso?

Técnicas de depilação, massagens, design de sobrancelhas, limpeza de pele, drenagem linfática, maquiagem avançada. Além de aprender a dominar as técnicas para trabalhar em clínicas, salões de beleza e muitos outros locais.

E mais: você aprende a estar à frente do seu próprio empreendimento de beleza, até mesmo uma franquia.


  • Qual o tempo de duração?

São 1.200 horas e tem a duração de 20 meses.


Investir em especialização para trabalhar com procedimentos estéticos faciais, corporais e capilares é realmente um belo investimento em uma carreira promissora, de futuro. Se especializar em técnico em estética é o empurrãozinho a mais que você precisa para alavancar a sua carreira e conseguir o emprego dos seus sonhos.

O seu sonho é ter a própria clínica, o próprio centro de beleza? O curso de Técnico em estética também é para você!

Se nos acompanhou na leitura até aqui é porque está convencido de que o curso Técnico de Estética é uma oportunidade única. Não adie mais os seus sonhos: conheça o curso técnico em estética do Instituto Dom Bosco.


Commentaires


bottom of page